O segredo dos flamingos para ficarem em uma perna só

Resultado de imagem para flamingo

Os flamingos possuem uma postura única, típica desses pássaros, que é se apoiar em apenas uma perna, quando estão de pé. Foi feito um estudo e os cientistas descobriram, que os flamingos gastam menos energia quando estão apoiados em apenas uma das pernas.

Os cientistas americanos descobriram que eles não gastam nenhuma energia muscular para ficar nessa posição, diminuindo o gasto de energia do corpo. Com essa postura, é ativado um mecanismo que eles podem inclusive, dormir sobre apenas uma perna.

Antes dessas pesquisas, os cientistas acreditavam que essa postura, deveria ser para diminuir a sua fadiga muscular, conforme eles alternavam de uma perna para outra. Também se desconfiava que poderia ser um jeito para regular a temperatura do seu corpo.

Esses estudos foram feitos pelos pesquisadores Young-Hui Chang, do Instituto de Tecnologia da Georgia, e Lena H. Ting, da Universidade Emory, que descobriram porque os flamingos, se apoiam em apenas uma das pernas.

Eles realizaram vários estudos, não apenas em animais vivos, mas também foram feitas pesquisas em espécimes mortos, e eles descobriram que, mesmo depois de mortos, eles ficavam sobre apenas uma perna, sem perder o equilíbrio, mantendo-se de pé.

Chang explicou, que se você olhar para o flamingo de frente, no momento em que ele está em uma perna só, vemos que a pata está logo abaixo do corpo, a perna ficando em um ângulo para dentro. Nessa posição o mecanismo é ativado.

Nos flamingos mortos, foram observados que eles não ficam sobre as duas pernas, o que mostra que quando estão sobre uma perna somente, essa posição exige um maior esforço muscular. Quando se coloca as duas pernas em posição vertical, o mecanismo é anulado.

Nos animais vivos, o estudo mostrou que quando eles ficam sobre uma perna, eles quase não se movem, mostrando estabilidade e eles concluíram que essa posição, proporciona um descanso para os flamingos.

Eles podem nessa posição de ficar em uma perna, balançar enquanto realizam outras atividades, como se comunicar e se limpar.

O pesquisador declarou, que a anatomia dos flamingos possibilita essa postura passiva, e não está totalmente compreendida, sendo o alvo do próximo estudo. Ele ainda explicou, que esse fenômeno não inclui o travamento de juntas das pernas. Se isso acontecesse, isso mostraria que os membros iriam permanecer fixos em ambas as direções, e percebemos que eles se apresentam fixos em uma direção, e flexíveis na outra. Exemplificando, parece o mecanismo que trava uma porta, disse Chang.

Um psicólogo especialista em comportamento animal, Matthew Anderson da Universidade da Filadélfia, que não participou na pesquisa, fez uma avaliação dos estudos e declarou que houve um grande progresso. Em uma pesquisa realizada por ele, foi descoberto que os flamingos usam essa posição para manter o calor. A sua equipe descobriu, que conforme a temperatura ambiente sobe, o número de pássaros em uma perna, diminui.