Dia 21 de março e a síndrome de Down

dia-internacional-da-sindrome-de-down

O dia 21 de março é considerado um marco importante na luta pelos direitos dos portadores de síndrome de Down, mas quantas pessoas tem conhecimento desta data? É um dia para ser comemorado?

Como surgiu

A ideia surgiu em 2006 na Down Syndrome International (DSI), instituição internacional tendo como uma das suas missões promover a inclusão social, sua data foi oficialmente definida e sancionada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em seu calendário oficial em 2011 a pedido da federação brasileira

A escolha da data

A data foi sugerida pelo geneticista Stylianos E. Antonorakis , é no cromossomo 21 que acontece a alteração genética fazendo com que o cromossomo tenha três genes ao invés de dois.

A inclusão

Hoje em dia bastante difundido e discutido o processo de inclusão tratando basicamente das pessoas excluídas socialmente em razão de apresentarem características ditas diferentes das consideradas ‘normais’.

Por que tentamos tanto igualar as pessoas? Todo mundo tem seu jeito singular, único de ser, assim como o portador da síndrome de Down com suas características próprias.

A síndrome de Down no Brasil

O Brasil está bastante envolvido em atividades para o dia 21 de março em diversas regiões brasileiras http://www.federacaodown.org.br/portal/index.php/noticias/eventos/156-dia-internacional-da-sindrome-de-down-2017, apresentando como tema para discussão deste ano “Minha Voz, Minha Comunidade” e estará também realizando o VIII Congresso Brasileiro Sobre Síndrome de Down de 26 a 28 de outubro de 2017 em Maceió.

É um dia para ser comemorado?

O objetivo deste dia é promover uma aproximação com a comunidade em geral, valorizar o indivíduo na sua integralidade, esclarecer dúvidas e promover uma convivência saudável e produtiva, preservando os seus direitos como membros integrantes da nossa sociedade.

O possuidor de Trissomia do Cromossomo 21 (Down),é como outra pessoa qualquer, com sonhos, projetos, desejos, defeitos e qualidades, com características próprias de qualquer individuo.

Qual o ser humano que não tem suas limitações? As limitações podem estar cimentadas à pessoa, cabe a cada um de nós rompermos o concreto das limitações, transformando estes limites, ampliando horizontes, descobrindo novas dimensões.

O homem é formado por uma série de dimensões, então por que não comemorar o simples fato de sermos diferentes?

Somente no momento em que ampliarmos nosso olhar sobre a humanidade conseguiremos entender que o normal pode ser diferente.