Cinco medidas que os brasileiros devem aplicar hoje para não trabalhar aos 80 anos

Uma recente pesquisa realizada pela SPCBrasil e a CNDL mostra que apenas um terço dos brasileiros se preocupa em ter uma preparação para a aposentadoria além da tradicional pública pelo INSS. Isso é ainda mais alarmante entre as pessoas com nível de escolaridade baixa.

A aposentadoria pública costuma pagar abaixo do salario de contribuição e caso a reforma previdenciária seja aprovada, a aposentadoria irá demorar mais a sair e possivelmente será ainda mais baixa. Com isso, é imprescindível que essa cultura de não pensar na velhice seja modificada para uma visão estratégica previdência complementar.

Confira cinco medidas que os brasileiros devem tomar o quanto antes.

1 – Não espere sobrar dinheiro

Um dos maiores motivos para o brasileiro não poupar dinheiro, é alegar que não sobra nada da sua renda no final do mês. Nesse caso a pessoa deve rever todos os seus gastos e dividas, entender minuciosamente para onde o seu dinheiro está indo e fazer modificações para substituir dividas menos importantes ou enxugar gastos excessivos. Abrir uma brecha para entrar o investimento para a sua previdência. Caso isso não seja feito esse espaço para investir pode nunca aparecer.

2 – Planeje em longo prazo.

Não guarde dinheiro a esmo. Decida a idade que você pretende se aposentar e estipule uma quantia para você ter disponível nela e divida pelos meses que faltam até esse dia chegar. Esse valor pode ser reajustado de acordo com flutuações da sua renda, esteja no controle desse planejamento e saiba exatamente quanto você deve poupar todo mês.

3 – Disciplina

Mais importante até que o valor que será poupado por mês, é a disciplina de continuar. A maioria das pessoas começa a poupar e param no meio do caminho desvirtuando o dinheiro guardado para um fim qualquer como uma reforma na casa ou uma viagem dos sonhos. Caso tenha outro objetivo de consumo, comece um planejamento separado para esse fim, lembrando que a aposentadoria deve ser uma prioridade para aqueles que não querem trabalhar aos 80.

4 – Procure investimentos seguros

Guardar dinheiro não significa deixa-lo parado sem render nada. Porem procure investimentos seguros, não pode arriscar com o planejamento da sua vida. A poupança, mesmo rendendo pouco, ainda é o meio preferido entre os brasileiros. Caso queira algo mais atrativo e não saiba por onde começar, converse com o gerente do seu banco e peça dicas de investimentos seguros com um rendimento mais alto. Confira essa matéria da exame sobre quatro investimentos seguros e mais alto que a poupança.

5 – Viva de acordo com o padrão da sua renda.

O maior motivo de endividamento é o famoso gastar mais que ganhar. Saiba exatamente para onde o seu dinheiro esta indo, incluindo gastos com lazer. Planeje suas férias, e só compre parcelado quando a soma das suas dividas do próximo mês corresponder no máximo 30% da sua renda, do contrario, espere para comprar no mês seguinte. Ficar endividado pode atrapalhar o valor que você guarda para a aposentadoria.